Oferta de portes para Portugal Continental a partir de 6 garrafas.

Apoio a Encomendas: +351 912 328 642 Chamada para rede móvel nacional
Douro de Alto a Baixo: a altitude das vinhas influencia o vinho?

Douro de Alto a Baixo: 730m a 50m

Espalhadas pelas três sub-regiões do Douro, as nossas vinhas estão localizadas em diferentes altitudes, desde 50m a 730m de altitude. 

Várias características podem ser influenciadas pela altitude, tais como temperatura, exposição solar, intensidade luminosa, e até mesmo a amplitude térmica diária. Todas estas características irão influenciar o tempo de maturação e expressão das castas e o próprio perfil e concentração do vinho.

As altitudes das sub-regiões do Douro desempenham um papel crucial na formação das características dos vinhos. Cada sub-região possui condições únicas de altitude, solo e clima, contribuindo para a diversidade e complexidade dos vinhos do Douro.

Mapa de altitudes e das nossas vinhas do Douro

Baixo Corgo: maior influência Atlântica

As vinhas do Baixo Corgo, são geralmente mais frescas, pois esta sub-região encontra-se mais perto da costa e com maior influência Atlântica. 

Estas vinhas encontram-se a uma altitude impressionante de 550m a 700m em solos xistosos, com uma grande variação de distância ao Rio Douro. São vinhas que transmitem muita frescura e mineralidade dada a sua localização e altitude.

Cima Corgo: coração do Douro

As vinhas do Cima Corgo, são mais temperadas e estão situadas no coração do Douro, onde a influência Atlântica é equilibrada com a influência Continental, com solos xistosos e afloramentos graníticos.

Ao subir em altitude, a 550 metros, encontram-se vinhas em solos de xisto amarelo virados ao Rio Douro, com temperaturas mais amenas, ainda mais reforçadas pela altitude. Daqui saem vinhos de grande elegância e equilíbrio, com fruta fresca e taninos macios. Mais abaixo, temos vinhas muito perto da adega e do Rio Douro, a apenas 50m de altitude, em solos de xisto azul.

Douro Superior: influência continental

O Douro Superior conhecido pela seu clima mais quente e continental é a sub-região do Douro mais perto da fronteira com Espanha e portanto a com menor influência Atlântica. 

Na zona de Murça, a 540 metros de altitude e solos xistosos, apesar de estar na sub-região mais quente do Douro, esta vinha apresenta solos profundos com acesso a água, esta singularidade adia a maturação das uvas, tendo menores níveis de açúcar e, consequentemente. maior acidez e frescura.

Artigos relacionados

10 Março 2023 Cultura do Vinho

Terrantez do Pico: uma casta que esteve em vias de extinção.

Saber mais
18 Setembro 2023 Cultura do Vinho

Uma Tradição de Força e Sabor

Saber mais
13 Setembro 2022 Cultura do Vinho

Touriga Nacional, casta rainha de Portugal

Saber mais
Tenha 10€ de desconto com a subscrição da Newsletter
Numa compra de vinhos superior a 50€