OFERTA DE PORTES PARA PORTUGAL CONTINENTAL A PARTIR DE 6 GARRAFAS | APOIO A ENCOMENDAS: 918 266 995

Fitapreta Azores Wine Company Vinhos Maçanita Sexy Wines WineID
Menu
Vinho Os Paulistas
Fitapreta
Vinho Os Paulistas
59,95€
IVA incluído

Capacidade

0,75L

Gama

Chão dos Eremitas

Tipo de Vinho

Tinto

Castas

Alfrocheiro

Castelão

Moreto

Tinta Carvalha

Trincadeira

Produtor

Fita Preta Vinhos

Colheita

2018

Região

Alentejo

Calor do Vinho

Fresco

Características do Vinho

Vinho Frutado

Vinho Seco

Vinho Indígenas

Vinho de Reserva

Vinho Oaked/Com Barrica

Vinhas Velhas

Vinho Alentejano

DOC Alentejo

Vindima

2018

Castas

Tinta Carvalha (35%), Castelão (30%) , Moreto (15%), Alfrocheiro (10%) e Trincadeira (10%).

Conceito

Os Paulistas, nome dado aos Eremitas da ordem de São Paulo que faziam há tanto tempo neste local o seu vinho, que se perdeu essa data nas memórias. No entanto a Bula Papal de 1397, isenta “Os Paulistas” de impostos nas suas vinhas, demonstrando a importância deste local. O local é especial e recebe dois riachos que trazem as águas da Serra D’Ossa e que mantêm a água próximo e os solo frescos, não havendo necessidade rega para o bom desenvolvimento das uvas.

As uvas, também são de outro tempo, plantadas em 1970, a Tinta Carvalha, o Moreto, o Castelão, o Alfrocheiro e a Trincadeira, demonstram que existiu um outro Alentejo, sem rega e sem castas melhoradoras. Um Alentejo que vale a pena recuperar, é esse o nosso tributo aos Paulistas.

A Vinha "Chão Dos Eremitas"

Idade da vinha: 51 anos. Altitude: 256-267 m. Solos: Solos Graníticos - Litólicos Não Húmicosde origem granítica, são solos pouco evoluídos, formados, textura arenosa, sem agregados, ligeiramente ácidos. História: Localizada no sopé sul da Serra d’Ossa, este lugar é especial, sente-se! Dois riachos trazem as águas das chuvas da Serra mantendo o chão fresco no tórrido calor alentejano, nunca baixando o nível freático da água abaixo dos 5 metros. Era aqui que antigamente se plantava a vinha, o local era conhecido como o Chão dos Eremitas, "Chão" termo antigo para zona plana, e dos “Eremitas” referente aos monges Eremitas da ordem de São Paulo.

Aqui existem provas da produção ininterrupta de vinho desde o séc. XIV, a vinha teve tal importância que uma Bula Papal em 1397 isenta os “Pauperes Eremitas” de pagar tributos (impostos) nas suas vinhas. Mas a arqueologia vai mais longe, pois a descoberta da única ânfora de vinho fenícia do interior do País, que data do séc. VIII a.C, liga este local ao vinho cerca de 900 anos antes da chegada dos Romanos, no que são 3,000 anos de história ligada ao vinho.

Viticultura

Uvas em regime de produção integrada certificada sem uso de herbicidas. 

Vinificação

Vindima manual noturna, selecionadas em mesa de escolha, 30% cacho inteiro de 70% desengaçadas, caem por gravidade na cuba.  Fermentação espontânea e maceração entre 25 a 40 dias, seguido de estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês.

Notas de Prova

Cor ruby com alguns toques violeta, concentração média. No nariz, muito fruto de bosque vermelho, algum mato. Ataque fresco, boa fruta com notas de romã. Muito fino, longo e com estrutura.

Gastronomia

Um tinto com boa acidez, bom para carnes com alguma gordura, pratos de tacho.

Conservação e Serviço

Conservar a 14ºC para ser servido a 16ºC e bebido a 18ºC.

Álcool

13,5%Vol.

Análises

SO2<95 mg/L (limite de sulfitos vinho biológico <100 mg/L; limite de sulfitos vinho biodinâmico <70mg/L).

Produção

4115 garrafas numeradas de 0,75L lançadas em Fevereiro de 2021.


undefined

Saber mais

Tenha 10€ de desconto com a subscrição da Newsletter
Numa compra de vinhos superior a 50€