OFERTA DE PORTES PARA PORTUGAL CONTINENTAL A PARTIR DE 6 GARRAFAS | APOIO A ENCOMENDAS: 918 266 995

Fitapreta Azores Wine Company Vinhos Maçanita Sexy Wines WineID
Menu
Listrão Vinho da Corda
Comp. Vinhos dos Profetas e Villões
Listrão Vinho da Corda
51,23€
IVA incluído

Capacidade

0,75L

Gama

Vinho do Porto Santo

Tipo de Vinho

Branco

Castas

Listrão

Produtor

Companhia de Vinhos dos Profetas e dos Villões

Colheita

2020

Região

Porto Santo

Calor do Vinho

Médio

Características do Vinho

Vinhas Velhas

Vinho Aromático

Vinho Oaked/Com Barrica

Vinho do Porto Santo - D.O. Madeirense

Vindima

2020

Casta

Listrão (aka Listan Blanco, Palomino Fino).

História do vinho

O ”vinho da corda” era uma das formas que antigamente se preparavam os “licorosos” antes da chegada da aguardentação  os meados do séc XVII. As vinhas, antes, plantadas mais junto ao mar conseguiam atingir outros graus de maturação, as uvas quase empassadas, permitiam um mosto naturalmente forte em álcool. A técnica consistia em depois em esmagar  essas uvas num lagar, onde o primeiro vinho mais claro e fresco era chamado “a Flor”, mas era a partir da ultima prensagem do vinho chamado “vinho da corda” que se espremia o mosto com mais sabor e com uma aparência mais dourada e carregada, tão na moda na altura. Este vinho da corda vem de uma dessas vinhas ensolaradas do Porto Santo e mostra o potencial desta ilha para estes vinhos ricos e naturalmente oxidativos. 
A ilha do Porto Santo
A ilha de Porto Santo emergiu há 14 milhões de anos no Oceano Atlântico, sendo geologicamente das mais antigas ilhas dos arquipélagos portugueses. Foi também a primeira a ser descoberta por Zarco em 1418. Os antigos contam que era aqui  onde se vinham buscar as uvas mais maduras para fazer o vinho que fez famosas estas ilhas. Hoje restam menos de 14 hectares, cultivados por um punhado de resistentes. Na ilha vizinha chamam “Profetas” aos porto-santenses, alcunha antiga que nunca fez tanto sentido quando vemos estas vinhas velhas, de condução rasteira, protegidas dos ventos e maresia por muros de crochet ou habilidosas estruturas de canas. 

Viticultura

Condução: Vinhas de condução rasteira tradicional, junto ao chão protegidas dos ventos forte por caniçais ou muros de Crochet.
Idade das Vinhas: Mais de 80 anos.
Solos: Solos Calcários de textura franco-arenosa de pH>8.5.

 

Vinificação

As uvas foram vindimadas manualmente, no sábado 22 de Agosto, na ilha de Porto Santo, escolhidas balde a balde e depois carregadas para camião de frio, para transporte de barco para a ilha da Madeira (visto não ser legal a sua vinificação no Porto Santo). Pelas 1h00 da manhã foram prensadas, em cacho inteiro, para depósitos de decantação dentro de um contentor frigorífico, sendo separadas três frações de prensagem, sem qualquer uso de SO2. A partir da última fração da prensa “o mosto da Corda” , foi trasfegado para um Pipo de 415 L de vinho Madeira para fermentar e estagiar durante 10 meses.

Notas de prova 

Cor amarelo dourado, quase cobre, nariz muito intenso, sal caramelizado, algures entre um vinho Madeira e um Jerez, único e singular, com notas férricas, iodadas e intensas. Na boca muito encorpado, cheio, super concentração e muita  persistência.

Produção

567 garrafas numeradas de 0,75L lançadas em Novembro 2021.

Álcool

14,3% Vol.

Gastronomia

Pratos ricos e condimentados e apurado, como guizado de polvo, caldeirada.

Conservação e serviço

Conservar a 6-8ºC para ser servido a 10ºC e bebido a 14ºC.

Análises

SO2 = 47 mg/L (limite de sulfitos vinho biológico <150 mg/L; limite de sulfitos vinho biodinâmico <90mg/L).


Ficha Técnica

Saber Mais

Tenha 10€ de desconto com a subscrição da Newsletter
Numa compra de vinhos superior a 50€